Onde encontrar produtos CCE

Muitos dos leitores desse site buscam por produtos da Marca da CCE, como relatamos nesse artigo: A história da CCE A empresa encerrou suas atividades no Brasil, mas ainda encontramos produtos da marca a venda pela internet ou em algumas lojas.

A maioria dessas peças a venda são estoques antigos, então realmente não é uma tarefa fácil de localizar um determinado produto. Fazendo uma busca no Google podemos encontrar alguns itens a venda, como por exemplo:

  • TV LED 32″HD Preta CCE – Conversor Digital Integrado – Entradas HDMI e USB
  • TV LED CCE 32″ LN32G Preto – Entradas USB e HDMI – Conversor Integrado
  • Computador All in One CCE D4030 – Branco – Intel Core Celeron 847 – HD 500GB – RAM 4GB – Tela 24″ – Windows 8.1

  • Tablet CCE Motion Tab T935 Preto – Cortex A8 – Wi-Fi – Câmera frontal – Tela 9″ – Android 4.0
  • Placa PCI Principal para TV CCE LN39G
  • Fonte Notebook Positivo CCE 19V 3.34A Best Battery
  • Gravador CD/DVD SATA Notebook CCE Positivo Philco – AD-7760H
  • Cooler Netbook CCE Win N22s N23s N235 Séries – AD9205HX-RB3
  • Bateria para Notebook CCE Win D23LN – 6 Celulas, ate 3 horas

Onde comprar um produto CCE

Sendo o maior acervo de produtos a venda, o Mercado Livre possuí a maior quantidade de produtos a venda, claro que muitos dos produtos são usados, mas você tem a opção de filtrar em sua busca para encontrar apenas produtos novos, em alguns casos pela marca ter saído de linha, é encontrado itens bem em conta. 

Outra opção é no site da Magazine luiza, vamos listar alguns itens encontrados no site:

  • Carregador Fonte Notebook Positivo Cce Sti Asus Itautec Lenovo – 19v 3.42a –
  • Bateria para Notebook CCE Info A14-00-4S1P2200-0 – Bestbattery
  • Controle Remoto TV LCD / LED CCE STILE D4201 – RC-512 – Lelong/Sky
  • Memoria para Notebook CCE – DDR2 – Bestbattery
  • Teclado para Notebook CCE Ultra Thin U25L+ Preto ABNT2 – Bringit
  • Controle Remoto para TV de Tubo CCE Cyber – Mxt – Cce
  • Carcaça moldura lcd cce
  • Placa Principal Tv Cce Lcd Rtd2660

A grande vantagem de realizar a compra de itens CCE no site da Megalu é a opção de fazer o pagamento de diversas maneiras, inclusive com o cartão de crédito da loja.

Para ajudar você na compra de produtos CCE no site da Magazine Luiza, você poderá acessar esse artigo: Solicitar Cartão de crédito Megalu

Agora queremos saber mais sobre o que você busca em nosso site, deixe um comentário com solicitações de drivers, manuais ou até mesmo configuração de um dos seus produtos CCE, vamos interagir e não deixar que esses queridos produtos fiquem parados por falta de comunicação. 

Melhores marcas de televisão

O mercado de TVs é um dos maiores mercados de eletrônicos do mundo, devido a um grande número de marcas. Devido a isso, é necessário ter alguns critérios para uma boa compra de televisão.

Com a Internet, ficou mais fácil ter acesso a informações de produtos. Antes, apenas o boca-a-boca e recomendação de vendedores era a forma de compra. Hoje, podemos ir a fóruns e sites especializados, bem como buscar críticas de outros compradores na internet, antes de decidir fazer determinada compra.

Marcas de TV

As marcas mais populares de televisão, são:

AOC

A AOC é uma empresa taiwanesa referência na área de informática. Ela é lembrada por seus monitores LCD e LED que atendem diversos públicos, inclusive gamers. Sua linha de TVs veio para oferecer bom custo-benefício para aqueles que procuram um produto decente a preço acessível.

  • LG

É uma empresa sul-coreana e a segunda maior fabricante de televisores do mundo, e está presente no Brasil há várias décadas. Ela compete com a Samsung em praticamente todos os ramos que a concorrente está, como o de lavadoras, smartphones, TVs e refrigeradores.

  • Panasonic

A Panasonic é uma marca japonesa que está entre as mais antigas do Brasil. Ela está entre as principais fabricantes de TVs, aparelhos de áudio, eletrodomésticos e pilhas.

  • Philco

A Philco nasceu nos Estados Unidos, e é uma das responsáveis pelo desenvolvimento do rádio e da TV no Brasil. As TVs da Philco estão entre as principais referências ao se falar de baixo preço.

  • Philips

A Philips também tem linhas de TVs e monitores no Brasil, mas diferente de sua atuação no exterior, a marca não traz ao país muitos produtos premium, limitando-se a oferecer opções de entrada e/ou mais acessíveis.

  • Samsung

Seus produtos visam atender a públicos de diferentes faixas econômicas, com aparelhos para quem têm orçamento limitado e produtos premium para aqueles que podem gastar mais para ter o melhor em casa. Se você procura uma TV 32 polegadas com resolução HD ou uma 4K com preço acessível, a Samsung naturalmente estará entre as opções mais recomendadas para você.

  • Semp

Única fabricante brasileira, a SEMP em 1970 firmou contrato com a empresa japonesa Toshiba, e ficou conhecida em todo país como Semp Toshiba e elogiada pela qualidade dos televisores. A parte da Toshiba foi comprada em 2016, enquanto a Semp anunciou um contrato com a empresa chinesa TCL, tornando-se a Semp TCL. A Semp é conhecida por sua qualidade nos eletroportáteis e televisão.

  • Sony

Grande parte das reclamações referentes às TVs Sony falam sobre a ineficiência da assistência técnica, já que a marca a partir de cinco anos não possui mais peças de reposição para seus aparelhos. O foco do fabricante não é consertar televisores, mas sim oferecer descontos na compra de novos; assim, caso deseje adquirir uma TV Sony, é aconselhável optar pela garantia estendida.

  • TCL

No Brasil, a TCL não utiliza em seus televisores o Android TV ou Roku TV que rendem a ela tantos elogios no exterior, ao invés disso, os aparelhos da marca contam com sistema proprietário que é realmente limitado e deixa a desejar na variedade de aplicativos e navegação.

  • Toshiba

As TVs Toshiba atuais estão entre as mais básicas do mercado brasileiro, sendo recomendadas apenas para aqueles que não exigem muito do aparelho que estão comprando. O sistema operacional é simples e limitado, sendo o alvo principal das reclamações sobre televisores da marca. As smart TVs Toshiba, porém, contam com maior variedade de aplicativos do que as da Semp.

Antes de tudo, é importante ter em mente que a melhor marca de televisão é aquela que serve ao seu propósito, tenha relativa durabilidade e caiba no seu orçamento. Assim, para decidir, você pode:

Afinal, qual a melhor TV?

Considerando as reclamações feitas por usuários no ReclameAqui, a empresa Panasonic é a melhor marca de TV presente no Brasil, seguido da Semp, Sony e LG. No entanto, é importante saber que cada pessoa tem necessidades próprias com a televisão; Se é smart ou não, quantos aplicativos precisa, e quais aplicativos quer que venham na televisão. Portanto, é necessário pesquisar bem para determinar qual TV é melhor.

A história da CCE

CCE, ou Comércio de Componentes Eletrônicos, é uma empresa de fabricação de eletrônicos que pertence ao grupo Digibrás Industria do Brasil S/A, controlado pela família Sverner. É uma empresa do tipo capital fechado, que foi fundada em 1964 em São Paulo, com sede em Manaus.

A empresa inicialmente foi fundada com a ideia de importar e comercializar componentes eletrônicos, mas apenas em 1971 que iniciou-se a fabricação de equipamentos completos. Em 2012, a empresa asiática Lenovo comprou a empresa, sendo que em 2015, ela devolveu o controle para a família Sverner.

CCE

Os equipamentos da CCE, de maneira geral, tinha uma qualidade inferior aos de suas marcas similares, no entanto, tinha a vantagem do preço ser mais acessível. Uma das características marcantes da CCE que a diferenciava de suas concorrentes, é que ela sempre ofereceu equipamentos populares como aquelas “3 em 1”, ou “2 em 1”. Por exemplo: rádio-gravadores, e outros portáteis como rádio-relógios.

Em 1970, a empresa japonesa Kenwood forneceu tecnologia para a CCE, que chegou a fabricar e vender equipamentos sob esta marca. No período de 1996 a 2002, a CCE fabricou e comercializou produtos de áudio, os famosos micro-systems, da fabricante japonesa Aiwa.

Na década de 1980, a CCE ingressou no mercado de videocassetes, e ao final da mesma década lançou sua linha de televisores. A CCE foi a única empresa brasileira a vender um videocassete “player”, que é aquele aparelho que possuía apenas a capacidade de reproduzir fitas pré-gravadas. Apesar de ter um custo menor que um aparelho convencional, o produto não obteve sucesso.

No setor de videogames, a empresa também na década de 180 fabricou o Supergame VG-2800, similar ao Atari 2600, e um aparelho chamado Top Game VG-8000/VG-9000, e depois o TurboGame, jogos populares na época. Este era compatível com o Nitendo 8 bits, e podia até aceitar cartuchos nos padrões japonês e americano.

A empresa também vendeu um equipamento chamado Exato, um microcomputador no padrão Apple II, bem como o MC-1000, um microcomputador de baixo custo para concorrer com o CP400 da empresa Prológica.

Em 1998 a CCE ingressou no mercado de eletrodomésticos fabricando freezers e geladeiras. Já em 2004, ocorreu a fusão das marcas CCE e GE Dako a partir da compra da empresa Mabe da linha de refrigeradores da CCE. A empresa Mabe Brasil foi extinta em 2016.

Em janeiro de 2013 a CCE lançou tablets com Android 4.0.3: Motion Tab T733 e Motion Tb T735.

A compra pela empresa chinesa Lenovo da marca CCE ocorreu pela aquisição da Digibras por R$700 milhões. No entanto, em 2015 a transação comercial com a Lenovo foi desfeita, quando a empresa deixou propositalmente de pagar as parcelas restantes do contrato e, assim, a CCE voltou a ser controlada pelo grupo Digibras, empresa pertencente à família Sverner.

Mas, por que será que a Lenovo desistiu da aquisição da CCE?

O que levou a Lenovo a adquirir a CCE foi a necessidade e placas-mãe para suas peças. No entanto, a partir da percepção que os produtos da marca CCE não eram competitivos, visto que o padrão de qualidade deles era inferior à concorrência, bem como os projetos da CCE não tinham objetivos em comum com os da Lenovo, a empresa asiática decidiu investir pesado na criação de um processo sólido de fabricação de placas-mãe de alta qualidade que seriam usadas para atender a demanda da sua fábrica de computador em Indaiatuba.

Quando a Lenovo decidiu seguir em frente com esse objetivo decidiu devolver a Lenovo para seus antigos donos, que até hoje produz e vende placas-mãe para Lenovo, que a considera a mesma a melhor fornecedora deste componente no Brasil.